Nosso Blog

Saiba quais são as dúvidas mais frequentes sobre Bitcoin

BlueBenx 17 de junho de 2019

No mundo moderno, as criptomoedas, como o Bitcoin, vêm sendo cada vez mais difundidas. Dentro desse contexto, é normal que muitas pessoas estejam alheias ou tenham inúmeras perguntas acerca de um investimento relativamente novo. Torna-se necessário, então, saber quais as dúvidas mais frequentes sobre Bitcoin.

Isso ajuda a responder perguntas sobre o investimento, abarcando desde como aplicar até características de segurança. Do investidor inicial ao mais expert, sempre é importante conhecer as nuances dessa criptomoeda, que só cresce em todo mundo. Abaixo, respondemos as dúvidas mais frequentes sobre Bitcoin – para que você comece aplicar agora mesmo.

Bitcoin: do que se trata?

É uma moeda digital, ou criptomoeda. Seu funcionamento não é regulamentado por nenhuma espécie de banco central, sendo uma forma de comercialização eletrônica entre usuários. Através do blockchain – uma tecnologia de dados financeiros criptografados que funciona como espécie de ‘livro-caixa’ -, é possível fazer transações com a moeda, diretamente com outras pessoas. Ele foi criado em 2009 por Satoshi Nakamoto.

Negociação: como compro e vendo Bitcoins?

Como se trata de um investimento, comprar e vender Bitcoins possui um processo similar a outros ativos financeiros.

  • Pode-se adquirir essa criptomoeda com o dinheiro convencional, seja em real, dólar ou outra moeda de circulação. É possível, principalmente, adquirir o Bitcoin em corretoras especializadas em criptomoedas ou mesmo de outros investidores;
  • Vale salientar que é preciso fazer um cadastro para que seja possível realizar negociações. Outro ponto: deve-se buscar apenas empresas confiáveis para as transações;
  • A venda segue a mesma dinâmica: seleciona-se quantos Bitcoins quer vender dentro da plataforma da corretora e espera-se a ordem de compra de outro investidor.

Mineração: como funciona?

É comum ouvir falar em mineração de Bitcoin. Basicamente, esse processo é parte integral da criptomoeda: assim como o ouro, deve ser minerado, o que valida seu valor no mercado. Basicamente são vários computadores, com um software de alto padrão, que ligados à rede precisam desenvolver “enigmas” que estão criptografados – ou seja, deve-se juntar as informações para que o Bitcoin seja gerado. Geralmente é feito por vários usuários da rede.

Segurança: posso investir sem medo?

O Bitcoin não é mais nem menos seguro que outras aplicações financeiras – porque é um investimento, só que no ambiente digital. Dessa forma, sua segurança depende mais do próprio investidor que a criptomoeda em si. Isso porque há a volatilidade de preços e, principalmente, a exposição a ataques de hackers. É necessário encontrar ambientes seguros para ter sua carteira – e entender a dinâmica de mercado desse investimento.

Vantagens: por que investir em Bitcoin?

Essa criptomoeda cresce em todo o mundo devido às suas inúmeras vantagens agregadas:

  • Sem intermediários bancários, ou seja, sem impostos, com as taxas bem menores que investimentos convencionais – principalmente aqueles que abocanham uma parte considerável do seu rendimento;
  • É um mercado global, com uma plataforma fácil de ser entendida, o que permite várias negociações, sendo o investidor o principal controlador do seu capital digital;
  • Tem transparência devido ao blockchain, o que impede fraudes e falta de registros que impeçam oportunidades de negócio.

Conclusão

O Bitcoin é uma criptomoeda que deixou de ser uma promessa e já virou realidade. Não à toa, cada moeda do gênero saiu de US$ 1 até meados de 2011 para quase US$ 20 mil em 2017. As oscilações fazem parte, mas em todos os casos, investir nessa modalidade se tornou uma prática comum aos investidores com larga experiência de mercado.


Importante:

Este material é somente para finalidades informacionais. Esta não é uma oferta de compra ou venda, ou uma solicitação de qualquer oferta de compra ou venda de qualquer dos ativos mencionados. As informações apresentadas não envolvem a prestação de consultoria personalizada em investimentos, finanças, leis ou impostos. Certas declarações aqui contidas podem constituir projeções, previsões e outras declarações prospectivas, que não refletem obrigatoriamente resultados reais e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio. As informações fornecidas por fontes de terceiros são consideradas confiáveis ​​e não foram verificadas independentemente quanto à precisão ou integridade e não podem ser garantidas. As informações aqui contidas representam a opinião do (s) autor (es), mas não necessariamente da BlueBenx.

Todo investimento está sujeito a riscos, incluindo a possível perda do dinheiro investido. Como em qualquer estratégia de investimento, não há garantia de que os objetivos de investimento sejam alcançados e os investidores possam perder dinheiro. A diversificação não garante lucro ou protege contra uma perda em um mercado em declínio. O desempenho passado não é garantia de resultados futuros.


TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE