Nosso Blog

O que esperar do futuro das criptomoedas?

BlueBenx 05 de julho de 2019

Passada uma década desde a ascensão da primeira criptomoeda, o Bitcoin, muitas coisas aconteceram dentro do mercado de moedas digitais. O que antes era uma dúvida, tornou-se realidade – como a entrada de mega investidores nessa modalidade. Mas, afinal: o que esperar do futuro das criptomoedas?

Como é de conhecimento geral, as análises sobre qualquer tipo de investimento é sempre uma projeção, nunca uma certeza. Contudo, as moedas digitais já demonstram sinais de que sim, terão ainda maior impacto no mercado da próxima década. Quer saber o que esperar do futuro das criptomoedas? Então continue acompanhando este artigo.

Tecnologia: a consolidação das criptomoedas

Quando surgiu o blockchain, o sistema de transações financeiras ou “livro-caixa” das criptomoedas, muitos especialistas em segurança cibernética torceram o nariz. O tempo provou que esse sistema de blocos não apenas era efetivo: tornou-se referência.

Dessa forma, a perspectiva dos mercados é justamente pela adoção da tecnologia que é inerente as criptomoedas: novos sistemas, ainda mais seguros, que possibilitam a ampliação da atuação dessas transações pelo meio digital.

Em outras palavras, o futuro das criptomoedas é que elas sejam a principal responsável em vários setores – a IOTA, criptomoeda pensada na Internet das Coisas (Internet of Things, ou IoT), é um bom exemplo de modalidade de investimento que trouxe ânimo aos investidores.

Moedas reguladas

Em mais de 10 anos, são poucas experiências de regulamentar as criptomoedas. Afinal, quando essa modalidade surgiu, suas propostas eram de descentralização, desburocratização e negociação direta entre as pessoas – amplamente difundido pelo Bitcoin.

Nesse sentido, o futuro das criptomoedas é continuar mantendo essas características, mas também sendo adotada pelos sistemas financeiros mundiais. O exemplo mais próximo é a forma como o Banco Central (BC) e a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) procuram regulamentar o mercado interno.

Apenas um sistema financeiro?

Há duas hipóteses em relação ao que abordamos anteriormente: a primeira linha acredita que as criptomoedas continuarão como uma modalidade de investimento particular; já outros especialistas são enfáticos ao afirmar que o sistema financeiro será um só.

Nesse segundo ponto – que tem mais adeptos – o sistema utilizado pelas transações de moedas digitais não apenas serão integradas aos processos financeiros internos de cada país, como o sistema será baseado justamente no ambiente que vigoram as criptomoedas.

Lançamento de moedas e capitalização

São várias formas de moedas digitais atualmente. Para o setor privado, as que servem como ‘tokens’ – espécies de fichas online com determinado valor – tendem a crescer, aumentando (e muito) a captação de investimentos do mercado.

Essa é a realidade mais palpável do mercado de criptomoedas: a capitalização de novas moedas de acordo com sua função específica. Isso mostra porque, nos últimos anos, o Litecoin e o Bitcoin, por exemplo, precisaram se adaptar a essa realidade, devido a alta ‘concorrência’ de moedas.

Um futuro promissor

Para responder o que esperar do futuro das criptomoedas, podemos apontar que é promissor. Com cada vez mais conectividade, apostas em modelos descentralizados e um mercado integrado ao sistema financeiro mundial, há a expectativa do maior ‘boom’ das moedas.

O que ainda freia a “antecipação” a esse cenário futurista é justamente o número de investidores: ainda há várias pessoas receosas de apostar nas criptomoedas. Contudo, com os resultados esperados para o início da próxima década, o panorama deve mudar.


Importante:

Este material é somente para finalidades informacionais. Esta não é uma oferta de compra ou venda, ou uma solicitação de qualquer oferta de compra ou venda de qualquer dos ativos mencionados. As informações apresentadas não envolvem a prestação de consultoria personalizada em investimentos, finanças, leis ou impostos. Certas declarações aqui contidas podem constituir projeções, previsões e outras declarações prospectivas, que não refletem obrigatoriamente resultados reais e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio. As informações fornecidas por fontes de terceiros são consideradas confiáveis ​​e não foram verificadas independentemente quanto à precisão ou integridade e não podem ser garantidas. As informações aqui contidas representam a opinião do (s) autor (es), mas não necessariamente da BlueBenx.

Todo investimento está sujeito a riscos, incluindo a possível perda do dinheiro investido. Como em qualquer estratégia de investimento, não há garantia de que os objetivos de investimento sejam alcançados e os investidores possam perder dinheiro. A diversificação não garante lucro ou protege contra uma perda em um mercado em declínio. O desempenho passado não é garantia de resultados futuros.


TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE