Nosso Blog

Entenda o que são e como funcionam os tokens de precatório

BlueBenx 13 de Maio de 2020

Os tokens de precatório democratizam o acesso a títulos financeiros rentáveis

O que são tokens de precatório?

Para entender o que são tokens de precatório vamos entender o que são tokens e, da mesma forma, o que são precatórios:

Tokens:

São ativos digitais similares às criptomoedas como: Bitcoin, Litecoin, Iota, Ethereum, etc...
Eles são criptografias emitidas de maneira controlada para garantir a titularidade sobre um determinado ativo e possuem promessa de valorização futura. Os tokens lastreados em ativos reais podem representar a propriedade sobre: imóveis, metais preciosos, precatórios, obras de arte, criptomoedas, por exemplo.

Precatórios:

São ordens de pagamento emitidas pelo judiciário cobrando a execução de uma dívida adquirida pelo poder público. Os precatórios são expedidos após o processo encerrar o seu trânsito em julgado. Ou seja, não existe mais contestação sobre a dívida pública. Dessa forma, o pagamento desses títulos são algo obrigatório e garantido pelo artigo 100 da constituição.

Tokens de precatório, portanto, são frações criptografadas de títulos oficiais do governo.

Atualmente os precatórios do governo brasileiro estão disponíveis para negociação no mercado. No entanto, quem deseja ter acesso a esse tipo de papel precisa dispor de muito dinheiro. No entanto, a tokenização tornou possível fragmentar o título, reparti-lo em pedaços e distribuir a titularidade entre várias pessoas. Por meio da tecnologia, o acesso a esses papéis se torna disponível para muito mais pessoas. Ao adquirir tokens de precatórios a pessoa está, indiretamente, adquirindo títulos do governo brasileiro.

Como funcionam os tokens de precatório emitidos pela BlueBenx?

A partir do momento que a tecnologia torna viável fragmentar o precatório e criptografar cada pedaço é possível vender a titularidade de cada fração. Tornando dessa forma o aporte inicial para aquisição do título muito mais acessível.

A BlueBenx decidiu lançar o BBX Bond Token, token lastreado em precatórios do governo federal e estadual, para transformar o paradigma de que ativos rentáveis são privilégio de quem tem muito dinheiro. Utilizando a Blockchain e os Smart Contracts do Ethereum a empresa está democratizando o acesso a ativos que antes estavam fora do alcance para milhares de pessoas.

Durante a pré-venda é possível adquirir os tokens de precatório a R$ 100,00. A valorização do BBX Bond Token está garantida principalmente pela aquisição de precatórios federais e estaduais com deságio. Os descontos obtidos durante a negociação do ativo e a antecipação de seus pagamentos. Ao negociar os precatórios com deságio de valor a BlueBenx prevê entregar uma rentabilidade anual de até 25%.

Quer saber mais sobre o BBX Bond Token?

Acesse: https://bluebenx.com/produtos/para-voce/bbx-bond-token/
Tire todas as suas dúvidas pelo e-mail: bbx_tokens@bluebenx.com

 

 


Importante:

Este material é somente para finalidades informacionais. Esta não é uma oferta de compra ou venda, ou uma solicitação de qualquer oferta de compra ou venda de qualquer dos ativos mencionados. As informações apresentadas não envolvem a prestação de consultoria personalizada em investimentos, finanças, leis ou impostos. Certas declarações aqui contidas podem constituir projeções, previsões e outras declarações prospectivas, que não refletem obrigatoriamente resultados reais e estão sujeitas a alterações sem aviso prévio. As informações fornecidas por fontes de terceiros são consideradas confiáveis ​​e não foram verificadas independentemente quanto à precisão ou integridade e não podem ser garantidas. As informações aqui contidas representam a opinião do (s) autor (es), mas não necessariamente da BlueBenx.

Todo investimento está sujeito a riscos, incluindo a possível perda do dinheiro investido. Como em qualquer estratégia de investimento, não há garantia de que os objetivos de investimento sejam alcançados e os investidores possam perder dinheiro. A diversificação não garante lucro ou protege contra uma perda em um mercado em declínio. O desempenho passado não é garantia de resultados futuros.


TALVEZ VOCÊ TAMBÉM GOSTE